Com toda mobilização no mundo inteiro envolvendo instituições consagradas, população e órgãos públicos de várias esferas, ainda existem alguns que não estão atendendo as orientações para evitar um colapso por conta do Coronavírus que vem causando estragos em todos os lugares. .

No município de Serra do Ramalho, oeste da Bahia, a Polícia Militar local foi acionada para impedir a continuidade de um evento de aniversário na Agrovila 17 que seria realizado hoje, sábado dia 21 de março de 2020.

A denuncia anônima partiu de um morador que está antenado nos riscos que a população está passando, principalmente no tocante a proibição de grupos excessivos de pessoas.

A Policia Militar foi acionada e tomou as providências imediatamente.

No estado em que passa em todo país, todo cuidado é pouco, uma vez que uma pessoa infectada pode acabar repassando para outras e multiplicando naturalmente vai haver uma devastação, ou seja, muitas pessoas vão morrer, visto que existem poucos leitos para atendimento e ainda não existe se quer uma vacina contra o vírus.

É necessário que as pessoas tomem consciência de que se não se precaverem a população do município pode acabar morrendo.

Reportagem Francisco Martinez

ABAIXO O BOLETIM DE OCORRÊNCIA DA POLICIA MILITAR

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA
CPRO 38° CIPM
*3º Pelotão/ Serra do Ramalho *

✅ Apresentação por descumprimento de decreto municipal

➡ Por volta das 14:00 recebemos o informe do Tenente PM Lucas Freire, no qual o mesmo nós informou sobre uma denuncia de festa com aglomerações de pessoas em um bar na localidade da agrovila 17. Deslocamos até o local onde constatamos que o bar de nome ” BAR DO DE” , havia várias pessoas aglomeradas fazendo consumo de bebidas alcoólicas e o proprietário servindo carne as pessoas. Informamos aos aglomerados sobre o decreto nº 063, emitido pelo prefeito da cidade de Serra do Ramalho, no qual ele proíbe a aglomeração de pessoas por conta da pandemia que o país e o mundo enfrenta e solicitamos que todos se dispersassem e assim foi feito e o proprietário do bar de nome: J. A. N., foi conduzido e apresentado na delegacia de Bom Jesus da Lapa onde foi feito a ocorrência. Segundo o delegado o mesmo será submetido a punições administrativas (multas).