Olívia lamenta redução na verba para esporte: 'Atleta tem que ficar com a 'cuia' na mão'
Foto: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

Candidata à prefeitura de Salvador, Olívia Santana (PCdoB) questionou nesta terça-feira (30) a política adotada pela gestão do prefeito ACM Neto (DEM) sobre o setor esportivo na capital. O Bahia Notícias identificou que o gestor promoveu, em seis anos, uma diminuição de 82% no orçamento do esporte e lazer (leia mais aqui). 

 

“Será que, em Salvador, atleta tem que ficar com a ‘cuia’ na mão? Não podemos continuar com essa situação vexatória”, comentou a candidata, que já foi secretária do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) do governo do estado.

 

“Os recursos para esporte e lazer na capital baiana sofreram uma redução de 82% em seis anos. É uma demonstração que ACM Neto não só apoiou Bolsonaro na eleição como também segue a mesma cartilha do presidente, que manifestou seu descaso com a área esportiva extinguindo o Ministério do Esporte”, afirmou Olívia.

 

A postulante ao Palácio Thomé de Souza, a partir destes dados, assegura que vai investir no esporte na cidade. “Temos que estimular, principalmente, o esporte de participação e inclusão social, através de iniciativas para a juventude, para as mulheres e pessoas com deficiência. Em Salvador, atleta tem que ficar com a ‘cuia’ na mão. Não podemos continuar com essa situação vexatória. Nosso Programa de Governo vai reconectar as ações de apoio à realização de eventos, com as afinidades e potencialidades esportivas das soteropolitanas e dos soteropolitanos, aproveitando a geografia da cidade, que tem 50 quilômetros de orla”, concluiu.