Ida de Bolsonaro para o Patriota pode 'engordar' legenda na Câmara
Foto: Reprodução/JP

O complemento “sem partido” em breve deve deixar de acompanhar as citações ao presidente Jair Bolsonaro. De acordo com publicação da Jovem Pan a família Bolsonaro já teria feito a escolha pela filiação ao Patriota. A decisão considera, entre outras questões, os desgastes que teria em legendas maiores. O Patriota é comandado nacionalmente por Adilson Barroso.

 

A expectativa é de que o partido, que hoje possui 10 deputados na Câmara, cresça com a filiação do presidente da República, que deve arrastar consigo os bolsonaristas de primeira hora.  BN